sábado, 29 de novembro de 2014

Cinquentenário da ESA: Convite duplo


Convite aos alunos finalistas e de mérito e lista dos alunos distinguidos (2013-2014):



Convite especial para ex-alunos da escola e lista dos alunos que frequentaram a escola nos últimos 50 anos, conseguindo excelentes resultados académicos, independentemente dos mesmos terem sido ou não incluídos em qualquer quadro de mérito (1968-2014):


sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Concurso de Poesia



1º CONCURSO DE POESIA
“Os Anjos e o Natal”


Gostas de escrever poesia? 
No intuito de fomentar o gosto pela poesia, a associação Angels Formula convida-te a participar na 1.ª edição do seu concurso. Eis o seu regulamento: 


Artigo 1.º 
(Objecto) 
No intuito de criar e consolidar hábitos de leitura e de escrita e de promover a poesia e valorizar esta expressão literária, é instituído o “Concurso de Poesia Angels Formula”.

Artigo 2.º 
(Condições de admissão) 
Podem concorrer todos os cidadãos, maiores de 16 anos, residentes em Portugal.

Artigo 3.º 
(Tema) 
O tema desta primeira edição do concurso é “Os anjos e o Natal”.

Artigo 4.º 
(Divulgação do concurso) 
O anúncio do concurso será feito nas redes sociais e por meio de aviso a afixar nos locais da associação.

Artigo 5.º 
(Natureza dos trabalhos) 
O género literário elegível para o efeito deste concurso é a poesia em língua portuguesa.

Artigo 6.º 
(Participação) 
Os participantes serão avaliados por um júri composto pela direcção da associação e personalidades convidadas ligadas ao campo das letras, comprometendo-se a seleccionar e classificar vinte e quatro poemas por si escolhidos, classificando-os por ordem decrescente de qualidade/originalidade.
Artigo 7.º 
(Prémio) 
1 – O prémio deste concurso será a publicação dos poemas vencedores numa “Antologia poética”, a editar pela “Angels Formula – Associação” em 2015.
2 – Serão divulgados os vinte e quatro melhores poemas e todos os outros que a associação julgar relevantes.. 
3 – No dia 20 de Dezembro de 2014 será realizada a apresentação, em sessão pública, dos poemas escolhidos e nesta apresentação serão divulgados os poemas vencedores.

Artigo 8.º 
(Admissibilidade dos trabalhos) 
São admitidos a concurso apenas trabalhos inéditos e não publicados, escritos em português, e enviados para a “Angels Formula – Associação”, Praça do Comércio, 27/32, 4700-370 Braga, ou entregues directamente na mesma morada, pelos próprios autores ou seus representantes, com o limite de dois poemas por autor.

Artigo 9.º 
(Critérios de admissão) 
Os trabalhos de poesia referentes a este concurso terão de ser apresentados num mínimo de 9 (nove) linhas (uma nona, ou duas quadras, por exemplo). O Título do poema é obrigatório.

Artigo 10.º 
(Confidencialidade dos concorrentes) 
1 – Os concorrentes apresentam-se a concurso com um pseudónimo, com o qual assinarão o poema, e que será divulgado. 
2 – Os concorrentes enviam mediante envelope fechado, o pseudónimo, nome e morada completas, n.º telefone e/ou telemóvel, aquando do envio do/s poema/s, só sendo aberto pelo júri após escolha dos vinte e quatro melhores poemas. 
3 – Para quaisquer informações, os concorrentes devem contactar o telefone 253 092 423.
4 – Apenas será publicada a identificação dos vencedores após consentimento dos mesmos.

Artigo 11.º 
(Prazos) 
O concurso rege-se pelos prazos definidos pela direcção da associação, podendo ser alterados se entretanto não forem cumpridos todos os parâmetros, sem que disso resulte prejuízo para os participantes: 
a) Divulgação do concurso e recepção dos poemas, 21de Novembro a 13 de Dezembro de 2014; 
b) Publicação dos vencedores e entrega dos prémios, 20 de Dezembro de 2014.

Artigo 12.º 
(Direitos de autor) 
Ao participarem neste concurso, enviando os poemas, os autores assumirão a cedência de autorização de publicação dos mesmos, quer durante o concurso, quer em publicações posteriores eventualmente desenvolvidas pelo projecto.

Artigo 13.ª 
(Parcerias) 
Este concurso poderá realizar parcerias com outras entidades ou pessoas, individuais ou colectivas, públicas ou privadas, desde que salvaguardando o prestígio do mesmo, sendo que não interferirão neste regulamento, com as excepções dos seguintes aspectos: 
a) Aumento do número de vencedores, eventualmente, atribuindo outros lugares; 
b) Aumento da divulgação e publicação do concurso; 
c) Realização de cerimónia de apresentação dos vencedores; 
d) Colaboração em publicações posteriores das obras a concurso, premiadas ou não premiadas.

Artigo 14.º 
(Condicionamentos do concurso) 
O concurso só se realizará se obtiver um número mínimo de 100 participantes.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O Cantinho da Economia A


Os alunos do 10.º ano, turma CSE, dinamizaram o "Cantinho da Economia" sob a orientação da sua professora, Fernanda Rodrigues. Estão de Parabéns. 

sábado, 15 de novembro de 2014

"Fernando Pessoa" na ESA


Ontem, na ESA, Fernando Pessoa reincarnou na aluna Débora Gonçalves do 12.º CLH2 e  desssossegou os professores,o pessoal auxiliar e administrativo, os alunos, os membros do gabinete de apoio ao aluno e da Direção.
A BE felicita a Débora Gonçalves pela qualidade do seu desempenho e pela dedicação com que abraça todos os desafios que lhe são propostos.  






















quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Vamos Desassossegar?



Novembro levou-nos Pessoa e trouxe-nos Saramago.

Para os celebrarmos, pegámos na palavra Desassossego, impressa na capa do Livro de Bernardo Soares, semi-heterónimo de Pessoa, e na frase repetida por José Saramago, “Vivo desassossegado, escrevo para desassossegar”. 

Amanhã visita a tua BE no intervalo das 10h20. Terás uma surpresa!

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

terça-feira, 11 de novembro de 2014

A leitura é uma viagem...


 «Acredito que alguma coisa mágica pode acontecer quando lês um bom livro.»
                J.K. Rowling

domingo, 2 de novembro de 2014

A BE está Feliz


A Equipa da Biblioteca Escolar  agradece as 10.000 visualizações registadas desde outubro de 2013. A BE é a TUA casa!!!

«No Egipto, as bibliotecas eram chamadas de  'Tesouro dos remédios da alma'. De facto, é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras.»

                              Jacques Bossuet

BE: Um Mapa de Ideias