quinta-feira, 12 de maio de 2016

Manifesto anticonformismo. Por Sandra Pinheiro, 12.º CT2



"Segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Manifesto anticonformismo e por extenso (inspirado no manifesto anti Dantas de Almada Negreiros)

BASTA! PUM! BASTA!

Basta de hipocrisia, basta de homens que só dormem e repousam! Abaixo a pseudo santíssima ignorância da juventude!

ABAIXO O CONFORMISMO! MORRA O CONSOLADO E O PANÇUDO, MORRA O OCIOSO! PIM!

Um país com belas-adormecidas no comando é um conto de mediocridade para crianças!!!

UMA GERAÇÃO com homens que se deixam roubar e matar por outros é uma geração que nunca o foi! 

Não se conformem com o corrupto!

Não anestesiem os jovens estudantes com educação retrógrada!

ABAIXO O PAÍS A GRANEL! Pesado com a crença, de que os homens se deixam levar pelo poder! PELO DINHEIRO! PELO DINHEIRO! PELO DINHEIRO!


BASTA! PIM! BASTA!

O povo critica tudo, o povo sabe de tudo, o povo vota, o povo lambe a bota, o povo desenterra a bota! Mas se ordenam o povo calçar a bota – ELE NÃO A PODE CALÇAR! Basta de ordens hediondas que nos tomam a dignificação! Os tugas são amadores de profissão! PIM!

Se querem criados e conformados, comprem máquinas e aspiradores!

ABAIXO O COMODISMO DE TODOS OS DIAS, DE TODAS AS MULHERES E DE TODOS OS HOMENS! ABAIXO O COMODISMO DA GERAÇÃO!

Os heróis que o poeta canta estão cansados de fazer nada, Pim! Compram-se outros com a descida do Iva da água!

Os corruptos são banqueiros, sapateiros, cabeleireiros, empreendedores de obras magnas, mas são todos malabaristas e palhaços!

Que ratos, porcos malcriados e barões cansados de extrema e eficaz incompetência que não sabem viver além da dormência! Basta!

Suma-se com o ócio, com os cordeiros iletrados que não vão por onde querem, mas por onde os mandam! Chega de políticos de ocasião que só sabem dar sermão, BASTA DE EMIGRAÇÃO!

O povo manifesta mas não vota! O povo critica e mal diz mas não se descobre, do húmus em que está enterrado, da gordura em que está banhado!

AHH! O Salgado é tão economista como o Arroja é feminista!

O Aníbal precisa de descanso como eu preciso da reforma! PIM!

O Portas só come vichyssoise em grandes submarinos! PUM!
Manifesto anti Veiga, manifesto anti manifesto!

Abaixo a dormência do povo! Basta! Pum! Basta desta trambolhada de lusos! Os tugas só sabem da poda! Os lusos não andam na moda! Os lusos compram Prada e não lavam os pés!

Basta! Se Portugal está minado com ladrões e parasitas a culpa é de quem dorme a sesta! Pim! Abaixo os impostos aos ferraris e a viaturas de alta gama! Os milionários choram antes de ir para a cama! BASTA DO PAÍS LETÁRGICO! ABAIXO O PAÍS ESTAGNADO! Pim!

Morte à serenidade da companhia! Morte aos que matam!

Morte aos toureiros, palhaços distintos com faca afiada! Basta, pum, basta desta palhaçada engraçada com praça decorada! BASTA DE GRANDES NOMES EM PLACAS DOURADAS! BASTA DE DORMIR, PIM!

Morra o que dorme, Morra! Morra o hipócrita, morra!

Morra Portugal atrasado e corrupto, morra!

BASTA! PIM! BASTA!"

1 comentário:

  1. Excelente manifesto que eu subscrevo por inteiro!
    Parabéns, Sandra!

    ResponderEliminar