sexta-feira, 24 de março de 2017

Poema de Ana Cardoso. 10º CT1


ANOS

O teu sorriso outrora diamantes
Tesouro de toda uma era
Se pudesse ser como d’antes
Alegres dias de primavera

Os teus escuros cabelos
Negros como puros carvão
Outrora voavam tão belos
Quentes dias de verão

As tuas lágrimas pedras reluzentes
Passavam-me todo o teu transtorno
De alguma forma eram tão quentes
Nesses tristes dias de outono

Os meus olhos vagueiam ciganos
Procuram esses momentos tão ternos
Horas transformam-se em anos
Nestes frios dias de inverno


Ana Mariano Cardoso, 10º CT1

Sem comentários:

Enviar um comentário